Mensagem de erro

Notice: Undefined offset: 1 em counter_get_browser() (linha 70 de /home/wwwesphc/public_html/sites/all/modules/counter/counter.lib.inc).

Laço Azul Humano pela Prevenção dos Maus Tratos

Por proposta da Comissão Nacional de Promoção dos Direitos e Proteção das Crianças e Jovens, as Comissões de Proteção de Crianças e Jovens de todo o país foram convidadas a juntar-se a esta iniciativa de âmbito nacional para assinalar o final do mês de Abril, durante o qual foram dinamizadas as mais variadas iniciativas de prevenção contra os maus tratos na infância. No dia de hoje, 30 de abril, marcou-se o encerramento do mês com a construção de um Laço Azul Humano, para alertar toda a comunidade para a importância de se combater este flagelo.

A história do laço azul iniciou-se em 1989, na Virgínia, E.U.A quando uma avó, Bonnie W. Finney, amarrou uma fita azul à antena do seu carro para relembrar os episódios de maus-tratos de que a sua neta tinha sido vítima e por causa dos quais o seu neto morrera de forma brutal. A cor azul escolhida representava os corpos cheios de nódoas negras das duas crianças. O azul servir-lhe-ia como um alerta constante para a sua luta na proteção das crianças contra os maus tratos, tendo esta campanha acabado por ganhar expressão por todo o mundo.

A CPCJ de Vila Viçosa, com o apoio do Município, do Agrupamento de Escolas, da GNR e restantes parceiros, não poderia deixar de aderir ao evento e pelas 14h30 vestiram-se de azul e criaram um laço azul no Largo do Terreiro do Paço com as 256 crianças do 1.º ciclo. O lema era “Serei o que me deres… que seja Amor”, que seja assim em todos os lares. A prevenção dos maus tratos na infância é responsabilidade de todos!

CPCJ de Vila Viçosa